domingo, 27 de outubro de 2013

Fluminense dá vexame no Maracanã e perde com um a mais


>



william henrique vitória gol fluminense (Foto: Márcio Mercante / Agência Estado)

O Vitória conseguiu neste domingo, no Maracanã, um de seus triunfos mais expressivos no Brasileirão. E deu ao Fluminense uma de suas derrotas mais preocupantes. Com um jogador a menos desde os 14 minutos do primeiro tempo, o time baiano mostrou força e enorme organização ao virar o jogo e bater o adversário por 3 a 2. Marquinhos, ex-Flamengo, foi o destaque da partida: fez um gol e participou dos outros dois, de Juan e William Henrique. Biro Biro e Rafael Sobis marcaram para o Tricolor.

O resultado foi fruto de enorme eficiência do Vitória, que chega a quatro partidas sem derrota no campeonato. O Fluminense passou a partida inteira sendo mais ofensivo do que o adversário, mas quase sempre sem sucesso. Os três pontos alavancam o Rubro-Negro para o sexto posto, com 47, cinco atrás do último classificado para a Libertadores, o Atlético-PR. Na próxima rodada, recebe o Corinthians às 17h de domingo.

- Mesmo com um a menos, o time teve sabedoria. O Ney pediu para eu fechar o lado direito deles e ainda tive a felicidade de fazer um gol. Enfrentamos jogos difíceis. Todos estão sendo assim. Precisamos de tranquilidade agora - afirmou William Henrique, que entrou no lugar de Renato Cajá e fez o gol da virada.

Já a equipe de Vanderlei Luxemburgo, que não vence há sete partidas, fica ainda mais ameaçada de rebaixamento. É a 16ª, com 36 pontos, apenas três à frente de Ponte Preta e Vasco, os dois concorrentes que estão logo abaixo. O Flu entrará no Z-4 na próxima rodada se perder para o Flamengo (às 19h30m de domingo, no Maracanã), e a Ponte vencer o Criciúma fora de casa, quaisquer que sejam os placares. Em relação ao Vasco, há uma vantagem de cinco gols de saldo (além de uma vitória).

- Demos contra-ataques ganhando o jogo, e isso não existe. Nosso time estava brincando com fogo - criticou Rafael Sobis, autor do segundo gol.

Expulsão, gol contra e empate

Com nove segundos de jogo, o Fluminense já emendou um chute a gol, com Rafael Sobis. A precocidade da tentativa foi um aviso de como seria o primeiro tempo, com o time tricolor muito mais presente do que o adversário. Mas não com o controle do placar. O Vitória, mesmo com um jogador a menos, pulou na frente. Kadu foi para a rua depois de entrada dura em Diguinho. Ele acertou a canela do volante com as travas da chuteira. O jogador do Flu começou a sangrar logo após o contato e não suportou o período todo.

Apesar da desvantagem, o Vitória pulou na frente. Foi aos 23 minutos. Após balão da defesa, Dinei desviou de cabeça. Como os dois zagueiros do Fluminense, Gum e Leandro Euzébio, foram juntos na disputa aérea (e perderam), sobrou espaço para Marquinhos receber, avançar e mandar o chute. Mas o Tricolor logo reagiu. Biro Biro fez boa jogada pela direita e mandou na área. Ayrton, do Vitória, desviou contra (o árbitro assinalou o gol para o atacante). Era o empate. E um empate que não virou vitória nos minutos restantes do primeiro tempo, apesar do total controle do Flu, que teve 71% de posse de bola e finalizou 11 vezes, contra apenas duas do oponente.

Flu vira, Vitória revira

O Flu voltou ainda mais ofensivo no segundo tempo. Felipe, um meia, entrou no lugar de Gum, um zagueiro - no primeiro tempo, Marcos Junior já substituíra Diguinho. A postura agressiva encontrou resultado prático aos 12 minutos, quando Felipe acionou Biro Biro na esquerda. De lá, saiu o cruzamento para Rafael Sobis fazer o gol da virada. Na origem do lance, Marquinhos pediu falta.

Mas aí o Fluminense teve um apagão. E o Vitória (re)virou, sempre com a participação de Marquinhos. Primeiro, o meia mandou chute de fora da área, Diego Cavalieri espalmou, e Juan, no rebote, voltou a empatar a partida. Depois, Juan cruzou da esquerda, Marquinhos emendou para a área, e William Henrique completou. Era a virada baiana.

O Fluminense passou o resto do jogo em busca pelo menos de um empate. Leandro Euzébio e Edinho chegaram a virar atacantes. Em vão. Muito bem postado, o Vitória segurou o rival. E ainda perdeu um gol impressionante, novamente com Marquinhos, quase em cima da linha.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...